Algodão: preços internos voltam a subir

Produção de milho deve atingir 92 mi/t
30 de novembro de 2016
10 perguntas sobre solo
7 de dezembro de 2016
Mostrar tudo

Os valores internos do algodão em pluma voltaram a subir nos últimos dias, impulsionados pela retração de vendedores. Conforme pesquisadores do Cepea, tradings e cotonicultores ativos estão firmes nos valores pedidos, atentos às oscilações dos valores internacionais, ao dólar e à baixa disponibilidade de algodão de boa qualidade da safra 2015/16.

Além disso, a expectativa de aumento nos preços no primeiro semestre de 2017 também reforça essa postura de vendedores. Do lado comprador, poucas indústrias demonstram interesse em novas aquisições para entrega rápida. No entanto, a comercialização de algodão para 2017 está em bom ritmo.

Entre os agentes, os comerciantes são os mais ativos no spot, tanto para compra de novos lotes como na venda, voltados em atender aos contratos. Entre 22 e 29 de novembro, o Indicador Cepea/Esalq com pagamento em 8 dias, referente à pluma 41-4, posta em São Paulo, subiu 1,76%, fechando a R$ 2,6115/lp nessa terça-feira, 29. Na parcial de novembro (até o dia 29), o Indicador acumula alta de 4,16%.

Fonte: Cepea

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *