IDT® – Índice de Desenvolvimento Temporal

O Índice de Desenvolvimento Temporal® é um processo desenvolvido e patenteado pela APagri cujo objetivo é gerenciar a adubação da cana soca de acordo com a variabilidade espacial e temporal da lavoura. Busca-se privilegiar zonas de um talhão nas quais historicamente se observa maior produtividade, aumentando a eficiência da adubação e o resultado econômico da atividade.

Dentro da linha de manejo da cana-de-açúcar proposto pela APagri, a primeira ação é nutrir mais as plantas que estão expressando maior potencial de produção. Aumenta-se a quantidade de nutrientes fornecidos às áreas azuis do mapa e reduzem-se os nutrientes fornecidos às áreas vermelhas do mapa.

O foco do manejo com o IDT® é dar condições para que a planta expresse seu potencial enquanto, paralelamente, estudam-se as causas e o status quo da situação.

Uma característica muito marcante do IDT® é deixar claro onde estão os problemas e qual sua extensão em área. O IDT® também tem ferramentas para medir o impacto financeiro do problema na área afetada, em toneladas de cana/ha.

Solicite um orçamento